quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Ácaros

O Inimigo Oculto

O ácaro pertence a família dos aracnídeos. Isso significa que ele é um parente das aranhas e dos piolhos. O ácaro não é visível a olho nu – a espécie mais comum mede de 0,3 a 0,5 mm. Tem oito patas e não tem olhos nem antena.
Você sabia?
– Que a concentração de 100 ácaros por grama de poeira já é o bastante para provocar alergia?
– Que os ácaros são responsáveis por 70% das alergias respiratórias?


– Que em um colchão com apenas um ano de uso vivem milhões de ácaros?

– Que cada fêmea adulta põe até 200 ovos?
Os ácaros do pó da casa são considerados em todo o mundo, particularmente nos países ocidentais e industrializados, como a principal causa de alergias do aparelho respiratório.
Os ácaros de poeira são aracnídeos (pertencem a família das aranhas) e podem ser vistos através de um microscópio comum.
O ciclo de vida é de 2 a 3,5 meses e o seu habitat é doméstico especificamente nas fibras naturais como nos carpetes, tapetes e roupas de cama. A temperatura e umidade são igualmente importantes e justamente nos climas tropicais as condições são as mais favoráveis (temperatura entre 10-32 Celsius e umidade relativa entre 60-70%) para o seu desenvolvimento.


Alguns ácaros são parasitas, mas os mais importantes para a patologia humana são espécies de vida livre comumente encontrados na poeira de colchões, travesseiros, móveis e pisos das casas. Seu desenvolvimento é favorecido pela umidade relativa do ar (ótima em torno de 75%), pela reduzida ventilação e o acúmulo de poeiras.
Os ácaros não transmitem qualquer tipo de doença.
Contudo, a exposição (sobretudo através das vias respiratórias) a determinadas proteínas que existem no seu corpo e excrementos, pode causar o aparecimento de doenças alérgicas
Algumas alergias respiratórias, como a asma e a rinite alérgica, bem como dermatites alérgicas, podem ser provocadas por esses minúsculos ácaros ou por seus produtos (dejetos, secreções, fragmentos de ácaros mortos, etc.). Quando encontrados no meio ambiente, suspensos no ar com as poeiras, são inalados por pessoas que desenvolvem reação de hipersensibilidade a tais materiais.
Nas habitações, os ácaros alimentam-se de escamas de pele humana e de animais.
Por dia, o homem perde 1g destes pedaços de pele. De acordo com alguns estudos internacionais, a presença de 500 indivíduos por grama de poeira é suficiente para causar crise alérgica numa pessoa, com sintomas como a falta de ar.
"A concentração de 100 ácaros por grama de poeira já é o bastante para provocar alergia, embora não gere crise".
Ácaro o grande vilão da renite alergica


Tipos de alergia:
Os tipos de alergia mais conhecidos sâo: Rinite alérgica, Rinite Sazonal e Rinite Persistente.
Outros alérgenos podem estar presentes em medicamentos, plantas, alimentos e venenos de insetos e podem causar uma grande variedade de sintomas diferentes daqueles associados à rinite alérgica.


- Rinite alérgica:
É um termo médico que se refere à inflamação da membrana do nariz causada por reações alérgicas. É a doença crônica mais comum em seres humanos e normalmente surge na infância e juventude. O fator de risco mais significante para desenvolver a rinite alérgica é a história familiar de alergia.


- Rinite Sazonal:
Essa alergia se caracteriza por aparecer repetidamente somente em algumas épocas do ano.


- Rinite Persistente:
A rinite persistente está normalmente associada a sensibilização aos alérgenos presentes dentro de casa, como os ácaros. Os sintomas desta rinite são semelhantes aos da rinite sazonal, mas não são idênticos. Quem tem rinite persistente sofre menos com espirros, olhos vermelhos e lacrimejantes mas, no entanto, essas pessoas geralmente apresentam prurido nasal, coriza e obstrução nasal crônica.

Quem sofre de problemas respiratórios e sente incômodos até com travesseiros e roupas de cama, pode beneficiar-se dessa dica que ajuda a reduzir o numero de ácaros encontrados nos tecidos das roupas, lençóis e cobertores.

Como acabar com os ácaros

Areje o quarto diariamente;
Deixe os colchões, os edredons e as almofadas apanharem sol;
Aspire os colchões e os tapetes regularmente;
Dê banho aos seus animais domésticos pelo menos 2 vezes por semana;
Lave os tapetes e os bonecos de peluche de duas em duas semanas;
Evite cobertores e blusas de lã;
Quantos menos peluches nos quartos melhor;
Se tiver alguma alergia, deve evitar as almofadas de penas.
Uma vez que os ácaros proliferam em temperaturas quentes e humidades elevadas, convém controlar estes dois factores.
DICAS: - Misture uma parte de detergente líquido em quatro partes de óleo de eucalipto¹.
- Deixe as roupas de molho nessa mistura por meia hora e depois as lave normalmente.
Em casos mais graves o recomendado é não ter tapetes ou carpetes em casa e evitar deixar a casa sem ventilação por muitos dias, mesmo e principalmente no inverno.
¹ O óleo de eucalipto pode ser encontrado em lojas de produtos naturais.

Várias medidas devem ser tomadas, particularmente no quarto de dormir:


Devem ser eliminados os capachos e tapetes grossos. O pavimento deve ser liso, por exemplo em madeira ou vinilo e fácilmente lavável
As paredes devem ser lisas e o papel de parede deve ser retirado
Não usar reposteiros. Preferir cortinas simples e em material sintético
Preferir móveis lisos e pouco trabalhados para não acumularem pó
Não ter aparelhagens de música, televisão e computadores no quarto
Não guardar livros, discos, CD´s, brinquedos e bonecos de peluche no quarto de dormir

CUIDADOS A TER COM A CAMA

Os ácaros instalam-se entre as fibras naturais e sintéticas. A lavagem frequente dos lençóis não consegue eliminá-los.
Encontram-se principalmente nos colchões, seja qual for o material de que são feitos. Os colchões velhos (mais de oito anos) constituem um problema, dado que no seu interior se depositaram tantos ácaros e alergenos que é praticamente impossível a sua eliminação.
Devem ser utilizados preferencialmente edredons de material sintético (não usar os de penas) no lugar dos cobertores
Utilizar almofadas de espuma ou outro material sintético. Devem ser substituídas periódicamente (por exemplo de 3 em 3 anos)
Evitar os lençóis de flanela, optando pelo algodão
Os cobertores felpudos não devem ser usados. Quando usar cobertores preferir os de fibras sintéticas, e usar por cima deles uma coberta, colcha lisa ou edredon.
Os lençóis, fronhas da almofadas e edredons deve ser lavados a temperaturas superiores a 60ºC, pois só assim é possível a remoção eficaz dos ácaros e das suas partículas.
A utilização de coberturas anti-ácaros para almofadas e colchões é considerado um método muito eficaz na redução dos níveis de ácaros na cama e assim devem ser recomendadas aos doentes alérgicos aos ácaros. No entanto, nem todas as coberturas comercializadas possuem igual eficácia.

CUIDADOS NA COZINHA

Mantenha os alimentos bem fechados.
Mantenha a cozinha sempre bem ventilada e limpa especialmente panos de pratos e armarios.
Um pano úmido com vinagre passado regularmente no chão e nas paredes, é um grande desinfetante, barato e eficiente contra os acaros.
O ácaro que vive na cozinha também provoca as reações alergicas (dermatites, rinites e asma) mas é bem diferente do encontrado nos outros ambientes da casa, (o acaro de cozinha se alimenta de restos de comida).

CUIDADOS NO BANHEIRO

Mantenha o banheiro ventilado e seco
Elimine focos de infiltração e manchas de bolor
Coloque as toalhas diariamente para secarem ao sol e as troque duas vezes por semana.
Deixe os pacotes de algodão e cotonetes bem fechados.
Passe um pano úmido com vinagre (duas colheres de sopa de vinagre para cada litro de água) na bancada, na privada, no chão e nas paredes.

ELIMINAÇÃO DO PÓ: O USO DO ASPIRADOR

O quarto de dormir é considerado como local de eleição para a limpeza do pó. No entanto as outras dependências da casa não devem ser esquecidas, particularmente aquelas onde os doentes alérgicos passam mais tempo.
A limpeza regular (pelo menos duas vezes/semana) e cuidadosa do quarto (pavimento, tapetes, sofás, colchão e estrado) com aspirador é importante. Já a aspiração dos capachos é pouco eficaz na redução dos ácaros que vivem no seu interior.
Os aspiradores com filtro HEPA (high efficiency particulate air) são mais eficazes que os aspiradores clássicos na luta anti-ácaros e devem ser recomendados.
A utilização de aspiradores dotados de sistemas de lavagem a água ou a vapor de água, que nalguns casos podem também utilizar acaricidas e/ou detergentes tem apresentado resultados divergentes.

Medição

Os ácaros são os responsáveis pela maioria dos casos de rinite e asma alérgica perene, tendo também um papel importante na dermite atópica.
A forma de "medir" a saúde de um local é através de exames microbióticos de placas de "Petri", as quais são espalhadas pelo ambiente, ou então através de amostragem usando um aparelho chamado Impínger. No entanto, para a realização de tal estudo é necessária a ajuda de um profissional competente, o que leva ao aumento do custo. Assim, só é feito em indústrias que precisam de um controle rigoroso do ar.
A utilização do aparelho chamado "Sterilair" é uma outra maneira de se combater os ácaros, sendo que o problema apresentado por este método é a área do local. Isto é, dependendo do ambiente será necessário mais de um destes aparelhos para que se chegue ao resultado desejado.
Fonte: www.cecae.usp.br

2 comentários:

Daniela Sousa disse...

Tenho rinite alérgica e sei como é complicado entrar em locais que permaneceram algum tempo fechado ou que tenha poeira. Tenho crises alérgicas com muita facilidade. E não é nada bom, por isso é importante eliminar e prevenir esses "bichinhos maldosos" =]

http://abebedorespgondufo.blogs.sapo.pt/ disse...

Gostei do blog.

Ocorreu um erro neste gadget

QUINOA


PROPRIEDADES NUTRICIONAIS

A quinoa foi escolhida pela Nasa por ser uma ótima fonte de proteínas de

alto valor biológico e fornecer todos os aminoácidos essenciais necessários para a

formação de enzimas e de massa muscular e para todo o funcionamento orgânico.

Os aminoácidos essenciais não são produzidos pelo organismo humano e, por

isso, é preciso buscá-los na comida. As principais fontes são os alimentos de

origem animal. 'Como tem uma quantidade muito grande de proteínas e todos os

aminoácidos essenciais, além de ser rica em ferro e zinco, a quinoa é de especial

interesse para o vegetariano. Aquinoa ainda fornece magnésio, potássio,

manganês, vitaminas B1, B2, B3, D e E. Para completar, é um alimento rico em

fibras também bastante calórico 100 gramas correspondem a 450 calorias.

O amaranto possui grande potencial nutritivo. A semente possui cerca de

15% de proteínas, que tem uma qualidade biológica comparável à do leite e

superior a de outros vegetais, como a soja e o feijão. O amaranto também é rico

em fibras e pode ser utilizado como fonte de zinco, fósforo e cálcio, elemento

pouco encontrado em vegetais. Experiências realizadas com coelhos de

laboratório na FSP, que tiveram seu colesterol aumentado por uma dieta,

demonstraram a capacidade do amaranto em reduzir os níveis plasmáticos de

colesterol. O amaranto é um arbusto que pode atingir até 2 metros de altura, com

folhas grandes e panículas (tufos semelhantes às espigas) que concentram as

sementes. "As folhas podem ser cozidas como a couve". Para a produção de

farinha, é necessário extrair das sementes o óleo, que tem altos níveis de ácidos

graxos insaturados e também poderia ser usado na alimentação.

INDICAÇÕES:

Não há restrições para o consumo daquinoa e amaranto, mas o público-

alvo são os portadores de doença celíaca (intolerância a alimentos à base de trigo,

centeio, cevada e aveia), já que ela é totalmente isenta de glúten e ainda possui

outras características como proteína de qualidade, em quantidade superior à dos

cereais; amido com grânulos pequenos, que facilitam a produção de alimentos

congelados; fração de gorduras que auxiliam na redução do colesterol; vitaminas

(em especial a E) e minerais, como o cálcio, o magnésio, o manganês e o ferro em

quantidades que superam com vantagem os cereais. Assim, eles estarão

incorporando opções para diversificar os alimentos e aumentando as chances de

levar uma vida normal. Certamente, os que sofrem dessa enfermidade genética

passarão, ao longo do tempo, a perceber os demais benefícios de seu uso. Os

atletas devem ingeri-la antes e depois das provas, pois a quinoacontém ômega 3

e ômega 6, auxiliares no armazenamento de glicogênio nos músculos; as

crianças, como alternativa ao leite de vaca; e os idosos, porque se trata de um

alimento rico em lisina, aminoácido que ajuda a fortalecer a imunidade e amelhorar a memória.

 
Related Posts with Thumbnails