quarta-feira, 18 de agosto de 2010

COMO CUIDAR BEM DOS SEUS CABELOS


ANTES, SAÍBA UM POUCO MAIS SOBRE SEU O CABELO:
Nos últimos anos, foram feitas mais descobertas do cabelo do que em todo o passado. Tem ele alguns atributos notáveis. É tão forte quanto o aluminio. Se os fios de cabelo da sua cabeça fossem trançados para formar uma corda fina , esta aguentari, suspenso , um peso de mais de 900 quilos ou seja ,mais do que pesa um carro pequeno. O cabelo da cabeça cresce de um a dois centimetros por mês mais depressa no verão do que no inverno , mais depressa durante o dia do que a noite. Os cabelos, depois de atingirem mais ou menos 20 a 30 centimetros diminuem no crescimento. Diferentes das plantas , que crescem pelas pontas o cabelo aumente a partir do bulbo ( raiz). O cabelo é um apêndice tegumentário formado de células epitéliais, côrneificadas, queratinízadas. A parte exterior denomina-se TIGE e a parte implantada no couro cabeludo, RAIZ . Cada indivíduo tem em média na cabeça, cinco milhões de fios de cabelo. Curiosidade:Sob o microscópio, a secção transversal de um cabelo lembra de certo modo a secção transversal de um pedaço de árvore.

Ressecamento:
Causa: o fio é composto por três camadas - a interna, conhecida como medula; a intermediária, chamada córtex; e a externa, conhecida como cutícula. É justamente no córtex que se encontra a queratina, proteína responsável pelo brilho e pela forma dos cabelos. A estrutura do cabelo incluí ainda pigmentos capilares, responsáveis pela coloração dos fios, e moléculas de água. Todas estas substâcias vitais para a saúde dos fios ficam protegidos pela cutícula, que não resiste ao ataque do sol, do mar e do cloro. Quando atingida por um desses elementos, suas escamas se abrem facilitando a perda e o desgaste do seu conteúdo. Resultado: lá se vão brilho e a elasticidade. Se elas permanecerem abertas, o fio perderá sua vitalidade. O problema tende a se agravar em cabelos tingidos, com permanentes e muito longos. Solução: como o desgaste é pior nas pontas, mais distantes da fonte de nutrientes que é a raiz, o primeniro passo é apará-los. Depois é tratá-los com carinho, usando um shampoo com proteínas.

QUEDA:
Causas: Ao contrario do que se imagina, o maior motivo de queda no verão não são o sol, a água do mar ou da piscina. Por causa do calor, os cabelos vivem presos em tranças e rabo-de-cavalo. Repuxados, a tensão sobre os fios aumenta e eles acabam caindo. Solução: antes de tomar qualquer atitude, saiba que é normal perder até 100 fios por dia. Se o volume de queda for muito grande , use um produto específico para queda. Se o problema persistir, procure um dermatologista. A queda do cabelo pode ocorrer também em consequências de infecções, remédios e distúrbios hormonais.

DESCAMAÇÃO DO COURO CABELUDO:
Causas: dificilmente as pessoas passam filtro solar no couro cabeludo ou usam chapéu o tempo todo. Quando essa pele, muito sensível, é atingida pelo sol, ela se queima e desidrata como a do resto do corpo. O resultado é a incomoda descamação, muitas vezes acompanhada de coceira. Solução: faça da proteção dos cabelos e do couro cabeludo um hábito. O primeiro passo é definir se a causa é realmente o sol. Não confunda esse tipo de descamação com a caspa, que em geral é mais oleosa e manifesta-se em flocos maiores. Esse problema está ligado á seborréia e a cabelos mais oleosos. Se a descamação não para depois de uns dias longe do sol, procure um dermatologista.

Dicas para seus cabelos:
1)Não quebrar os fios: desembarace o cabelo mecha por mecha, do meio do fio ao final e só depois penteie o cabelo próximo ao couro cabeludo. Evite também desembaraçar os cabelos debaixo do chuveiro, pois quando estão molhados, os fios são mais frágeis. Penteie os cabelos com um pente de dentes largos, de preferência de madeira, depois de enxugá-los com uma toalha. Não esfregue os cabelos com a toalha, nem o couro cabeludo. Pressione a toalha levemente nos cabelos. Cabelos crespos são melhor desembaraçados com as mãos do que com pentes.

2) Pré-lavagem : uma vez por mês você pode fazer uma pré-lavagem dos cabelos usando 1/4 de xícara(chá) de bicarbonato de sódio diluído em 1/2 xícara(chá) de água morna. Enxágue e lave normalmente. O bicarbonato abre as escamas dos fios, aumentando a ação do xampu tirando o tom esverdeado provocado pelo cloro. O chá-mate frio também combate o tom esverdeado que o cloro causa nos fios.

3) Xampus: procure usar um xampu adequado ao seu tipo de cabelo (oleoso, seco, normal). Se o cabelo passou por processos químicos (tintura, alisamento, permanente) use xampu específico. Você pode lavar os cabelos diariamente, desde que utilize um xampu para uso freqüente, de fórmula neutra. Lavar todos os dias mantém o cabelo mais limpo, livre da poluição e do óleo natural acumulado.

4) Condicionador: todos os tipos de cabelos precisam de condicionador após o uso do xampu. O condicionador fecha as escamas dos fios, amacinado-os e protegendo. Sempre aplique o condicionador do meio dos fios para as pontas. Nunca passe o condicionador junto às raízes, porque esta região dos cabelos é naturalmente mais oleosa. Em cabelos muito secos, o condicionador pode ser aplicado a partir dos 5 cm das raízes. Sempre enxágue com muita água, para retirar todo o produto. Hoje em dia existem também os condicionadores "leave-in" , que são aplicados após a lavagem nos cabelos úmidos, mas não precisam ser enxaguados. Estes condicionadores são desembaraçantes e protegem os fios dos raios solares.

5) Aumentar o volume: henna neutra aumenta o volume dos cabelos, ajuda a controlar a oleosidade sem alterar a cor. Aplique uma vez por semana. Outra forma é usar xampus e condicionadores especiais para dar maior volume. Estes xampus formam uma plícula protetora sobre os fios, aumentando sua espessura, e daí o volume. Aplique mousse ou creme de modelar, a partir de 2 cm das raízes dos cabelos e seque os cabelos com um secador em todas as direções. Se o cabelo for liso, use uma escova. Se for ondulado, "amasse" com as mãos.

6) Diminuir o volume: Prenda o cabelo úmido com uma touca caseira, feita com uma meia de nylon e deixe secar assim. Um óleo à base de silicone, aplicado somente nas pontas dos fios também deixa os cabelos menos volumosos.

7) Pontas duplas: a melhor maneira de eliminá-las é cortar o cabelo, mas você pode usar um fluido de silicone para amenizar o problema. O silicone "cola" as pontas temporariamente e forma uma película protetora sobre os fios. Use apenas algumas gotas nas pontas, senão o cabelo fica com aparência de "sujo". O produto é eliminado lavando-se ou escovando-se os cabelos.

8) Brilho e maciez: um banho de creme pode ser feito em casa, e é indispensável, a cada 15 dias, principalmente para cabelos que passaram por processos químicos. Passe creme especial para banho, enrole filme plástico (de cozinha) e deixe 1 hora. Se tiver uma touca térmica, deixe 15 minutos, sem esquecer de elvolver os fios em um pedaço de gaze ou tecido para protegê-los. Não ultrapasse o tempo recomendado, para não deixar o cabelo gorduroso. Você pode também usar uma receita caseira: lave os cabelos e não passe condicionador. Aplique sobre os cabelos molhados a polpa de uma folha de babosa, espalhe com um pente de dentes largos e deixe 1 hora. Enxágue bem e deixe secar ao natural.

9) Pentes e escovas: escovas arredondadas são melhores para dar forma aos cabelos; as de diâmetro maior alisam, as estreitas dão volume. Escovas de cerdas unidas são mais indicadas para cabelos lisos, as de cerdas separadas para cabelos crespos. Os melhores pentes são os de madeira, de dentes largos, mas devem ser bem lixados, sem quinas nem bordas para evitar que quebrem os fios. Para limpar pentes e escovas deixe-os de molho em água com água oxigenada.

10) Secador de cabelo: deixe-o sempre em temperatura baixa, procure enxugar bem os cabelos antes de usar o secador e mantenha uma distância mínima de 15 cm dos fios. Não abuse do secador de cabelos, pois seu uso excessivo resseca e danifica os fios. Uma boa sugestão é aplicar condicionador tipo "leave-in" antes de secar os cabelos com secador.

11) Fazer escova: tire o excesso de água dos cabelos com uma toalha, pois a escova é melhor feita se os cabelos estiverem apenas úmidos. Mantenha o secador em direção às pontas, acompanhando o movimento da escova. Tire o secador primeiro e depois a escova, para que o ar quente não desmanche o que foi feito.

12) Gel : aplique sempre sobre os fios úmidos. Coloque o produto na palma da mão, esfregue uma na outra e só então passe no cabelo. Use gel sem álcool, para não ressecar os cabelos. O gel ou o creme de mousse são ótimos para enrolar os cabelos. Devem ser aplicados nos fios úmidos antes de colocar os bobs. Gel misturado com um pouco de condicionador "leave-in" ajudam a deixar cabelos crespos e rebeldes mais jeitosos.

13) Tinturas : se os cabelos são claros ou se você tem poucos cabelos brancos, uma boa sugestão é usar mechas para disfarçar os cabelos brancos. Para camuflar fios brancos o recomendado é: para mechas brancas localizadas ou poucos fios brancos, as hennas, colorações temporárias ou tonalizantes são indicadas, para quem tem até 50% dos cabelos brancos ou mais, as tinturas permanentes são mais indicadas. As tinturas também podem ser usadas para realçar um tom de cabelo. Os cabelos podem ser tingidos de 15 em 15 dias, embora o ideal seja de 30 em 30 dias. São indispensável os banhos de creme.

14) Permanentes : o ideal é fazer, no máximo, três permanentes por anos, para evitar que o fio de cabelo seja submetido a uma química excessiva e assim, venha a danificar-se.

15) Cortes: o ideal é cortar as pontas de 30 em 30 dias. Os cabelos crescem em média 1 cm por mês, por isso, quem quiser deixar o cabelo crescer, pode cortar com menor freqüência, de três em três meses.

Dicas by Robson Cabeleireiro

2 comentários:

Sara disse...

Oi, quero felicitá-lo no post que ajudou muito. Tenho o cabelos ondulados, e é difícil de pentear. Vou tentar suas dicas e depois dizer. beijos

Anônimo disse...

Oi eu quero saber um creme bom pra crescer cabelo crespo....pois o meu nunca cresce fica sempre curtinho...

Compartilhe

QUINOA


PROPRIEDADES NUTRICIONAIS

A quinoa foi escolhida pela Nasa por ser uma ótima fonte de proteínas de

alto valor biológico e fornecer todos os aminoácidos essenciais necessários para a

formação de enzimas e de massa muscular e para todo o funcionamento orgânico.

Os aminoácidos essenciais não são produzidos pelo organismo humano e, por

isso, é preciso buscá-los na comida. As principais fontes são os alimentos de

origem animal. 'Como tem uma quantidade muito grande de proteínas e todos os

aminoácidos essenciais, além de ser rica em ferro e zinco, a quinoa é de especial

interesse para o vegetariano. Aquinoa ainda fornece magnésio, potássio,

manganês, vitaminas B1, B2, B3, D e E. Para completar, é um alimento rico em

fibras também bastante calórico 100 gramas correspondem a 450 calorias.

O amaranto possui grande potencial nutritivo. A semente possui cerca de

15% de proteínas, que tem uma qualidade biológica comparável à do leite e

superior a de outros vegetais, como a soja e o feijão. O amaranto também é rico

em fibras e pode ser utilizado como fonte de zinco, fósforo e cálcio, elemento

pouco encontrado em vegetais. Experiências realizadas com coelhos de

laboratório na FSP, que tiveram seu colesterol aumentado por uma dieta,

demonstraram a capacidade do amaranto em reduzir os níveis plasmáticos de

colesterol. O amaranto é um arbusto que pode atingir até 2 metros de altura, com

folhas grandes e panículas (tufos semelhantes às espigas) que concentram as

sementes. "As folhas podem ser cozidas como a couve". Para a produção de

farinha, é necessário extrair das sementes o óleo, que tem altos níveis de ácidos

graxos insaturados e também poderia ser usado na alimentação.

INDICAÇÕES:

Não há restrições para o consumo daquinoa e amaranto, mas o público-

alvo são os portadores de doença celíaca (intolerância a alimentos à base de trigo,

centeio, cevada e aveia), já que ela é totalmente isenta de glúten e ainda possui

outras características como proteína de qualidade, em quantidade superior à dos

cereais; amido com grânulos pequenos, que facilitam a produção de alimentos

congelados; fração de gorduras que auxiliam na redução do colesterol; vitaminas

(em especial a E) e minerais, como o cálcio, o magnésio, o manganês e o ferro em

quantidades que superam com vantagem os cereais. Assim, eles estarão

incorporando opções para diversificar os alimentos e aumentando as chances de

levar uma vida normal. Certamente, os que sofrem dessa enfermidade genética

passarão, ao longo do tempo, a perceber os demais benefícios de seu uso. Os

atletas devem ingeri-la antes e depois das provas, pois a quinoacontém ômega 3

e ômega 6, auxiliares no armazenamento de glicogênio nos músculos; as

crianças, como alternativa ao leite de vaca; e os idosos, porque se trata de um

alimento rico em lisina, aminoácido que ajuda a fortalecer a imunidade e amelhorar a memória.

 
Related Posts with Thumbnails