segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Andropausa

Google imagens

O que é?
Muitos homens custam aceitar mudanças físicas e emocionais depois dos 40 anos.

Alguns homens não apresentam o mais leve sintoma. Outros parecem estar especialmente predispostos à insegurança e à ansiedade, sobretudo quando passam dos 40 anos. “Uma das barreiras que impedem os homens de falar sobre a andropausa (fase semelhante à menopausa, que acomete a mulher)é o medo de ser pouco viril. Muitos preferem morrer antes de reconhecer que a ereção deixou de ser igual à de antigamente. Outros têm receio de não satisfazer mais as suas parceiras”, diz o sexólogo Gabriel Guevara, da Sociedade Mexicana de Sexologia Humanista Integral.

Etapa de transição
A andropausa é o período em que o homem passa por mudanças hormonais, fisiológicas e químicas. Isso acontece freqüentemente entre 40 e 50 anos, embora haja casos em que pode ocorrer aos 35 ou aos 65.

As alterações podem chegar a afetar todos os aspectos da vida, como:

dificuldades para conseguir ter ou manter a ereção perda de interesse por fazer sexo problemas nas relações que repercutem diretamente no funcionamento sexual da parceira; a mulher pode achar que está sendo repelida ou ficar ressentida se o homem não dividir as suas inquietações com ela a culpa é freqüentemente experimentada por casais cujo homem tem problemas de ereção.

“Qualquer que seja a origem da disfunção sexual, uma vez iniciada a interação de fatores psicológicos, físicos e interpessoais, é muito difícil para o homem recuperar o seu equilíbrio”, diz o andrologista Roberto Cervera, do Hospital Juarez, no México. “Se perder a ereção durante o tratamento medicamentoso, por exemplo, o homem começará a se preocupar se o seu pênis funcionará ou não na próxima vez em que tentar uma relação.”
O stress é o inimigo
Quanto mais preocupações e stress tiver o homem maduro, menos será capaz de responder aos estímulos sexuais, segundo a prática médica. “A parceira, portanto, poderá sentir que a culpa é dela ou não se sentir suficientemente atraente aos olhos do amado. Se não for estabelecido um diálogo poderá haver uma separação. Também pode acontecer de o casal ficar cada vez mais envergonhado, temeroso e frustrado de tal modo que fica difícil a recuperação”, diz Guevara. “É preciso lembrar que a andropausa é passageira.”

Hormônios e idade
Estudos feitos nos Estados Unidos demonstraram que os níveis dos hormônios androgênicos nos homens a partir de 45 anos são mais baixos do que nos homens mais jovens. Concluiu-se, então, que a produção desses hormônios está intimamente relacionada à idade e às manifestações da andropausa, também chamada de climatério masculino.

Nesse período, o homem pode ter menor resistência à atividade física e necessidade de urinar com maior freqüência, além de ganhar peso e perder cabelo. As mudanças sexuais observadas em alguns homens que ultrapassaram os 55 anos estão relacionadas ao tempo mais prolongado que necessitam para atingir a ereção e à estimulação, que precisa ser mais direta.

A ação da testosterona
A testosterona (hormônio sexual masculino) é necessária para a estimulação da libido e da capacidade erétil, requisitos indispensáveis para que a função sexual aconteça normalmente. A administração de remédios em casos de baixa produção de testosterona pode melhorar a função sexual em homens mais velhos.
Como o envelhecimento é um problema que diz respeito a toda humanidade, todos deveriam estar envolvidos para sua melhora, embora isso nem sempre aconteça.
Fonte: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health

4 comentários:

Renata disse...

Que matéria interessante!!!

bjooos

Amapola disse...

Bom dia, Tati.

Bela matéria!!

Acho que essa atitude deles vem do "machismo". Assim como a resistência deles em procurar um médico.
Depois o que acontece é que eles vivem menos que as mulheres.

"Como se ser fraco não fizesse parte do ser humano".

Gostei do seu blog e estou lhe seguindo.

Beijos.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Ana Luiza Zocrato disse...

Que matéria interessantissima né?!
Adorei!
Obrigada pela visita lá no blog, atualizamos com uma receita de Cupcake de amendoim e chocolate que é para fazer sem fazer muita bagunça!
Estou esperando você lá!
Beijos
Ana
http://muitaloucapralavar.blogspot.com/

rory disse...

I like this blog! :)

Ocorreu um erro neste gadget

QUINOA


PROPRIEDADES NUTRICIONAIS

A quinoa foi escolhida pela Nasa por ser uma ótima fonte de proteínas de

alto valor biológico e fornecer todos os aminoácidos essenciais necessários para a

formação de enzimas e de massa muscular e para todo o funcionamento orgânico.

Os aminoácidos essenciais não são produzidos pelo organismo humano e, por

isso, é preciso buscá-los na comida. As principais fontes são os alimentos de

origem animal. 'Como tem uma quantidade muito grande de proteínas e todos os

aminoácidos essenciais, além de ser rica em ferro e zinco, a quinoa é de especial

interesse para o vegetariano. Aquinoa ainda fornece magnésio, potássio,

manganês, vitaminas B1, B2, B3, D e E. Para completar, é um alimento rico em

fibras também bastante calórico 100 gramas correspondem a 450 calorias.

O amaranto possui grande potencial nutritivo. A semente possui cerca de

15% de proteínas, que tem uma qualidade biológica comparável à do leite e

superior a de outros vegetais, como a soja e o feijão. O amaranto também é rico

em fibras e pode ser utilizado como fonte de zinco, fósforo e cálcio, elemento

pouco encontrado em vegetais. Experiências realizadas com coelhos de

laboratório na FSP, que tiveram seu colesterol aumentado por uma dieta,

demonstraram a capacidade do amaranto em reduzir os níveis plasmáticos de

colesterol. O amaranto é um arbusto que pode atingir até 2 metros de altura, com

folhas grandes e panículas (tufos semelhantes às espigas) que concentram as

sementes. "As folhas podem ser cozidas como a couve". Para a produção de

farinha, é necessário extrair das sementes o óleo, que tem altos níveis de ácidos

graxos insaturados e também poderia ser usado na alimentação.

INDICAÇÕES:

Não há restrições para o consumo daquinoa e amaranto, mas o público-

alvo são os portadores de doença celíaca (intolerância a alimentos à base de trigo,

centeio, cevada e aveia), já que ela é totalmente isenta de glúten e ainda possui

outras características como proteína de qualidade, em quantidade superior à dos

cereais; amido com grânulos pequenos, que facilitam a produção de alimentos

congelados; fração de gorduras que auxiliam na redução do colesterol; vitaminas

(em especial a E) e minerais, como o cálcio, o magnésio, o manganês e o ferro em

quantidades que superam com vantagem os cereais. Assim, eles estarão

incorporando opções para diversificar os alimentos e aumentando as chances de

levar uma vida normal. Certamente, os que sofrem dessa enfermidade genética

passarão, ao longo do tempo, a perceber os demais benefícios de seu uso. Os

atletas devem ingeri-la antes e depois das provas, pois a quinoacontém ômega 3

e ômega 6, auxiliares no armazenamento de glicogênio nos músculos; as

crianças, como alternativa ao leite de vaca; e os idosos, porque se trata de um

alimento rico em lisina, aminoácido que ajuda a fortalecer a imunidade e amelhorar a memória.

 
Related Posts with Thumbnails